Centro de Dia

Funciona de segunda a sexta entre as 09.00h e as 17.00h. (Lumiar - Telheiras - Ameixoeira - Santa Clara - Outras...)

 

O Centro de Dia presta um conjunto de serviços que contribuem para as melhores condições de qualidade de vida das pessoas idosas a partir dos 65 anos de idade, nomeadamente, assegurar a manutenção de condições de vida pessoal no seio familiar e na relação social. O CD tem como objetivos:

  • Atender às necessidades dos utentes;
  • Estabilizar ou retardar as consequências desagradáveis do envelhecimento;
  • Prestar apoio psicológico e social;
  • Promover as relações pessoais e entre as gerações;
  • Permitir que a pessoa idosa continue a viver na sua casa e no seu bairro;
  • Evitar ou adiar ao máximo o internamento em instituições;
  • Prevenir situações de dependência e promover a autonomia;
  • Possibilidade de transporte ao domicílio.

 

Atividades de Animação Sociocultural

As actividades desenvolvidas em Centro de Dia pressupõem não apenas a ocupação dos utentes, mas também o seu envolvimento nas actividades propostas, para que possam sentir-se estimulados e motivados.

O Plano de Actividades envolve actividades de animação sociocultural e de psicologia, que se caracterizam pela continuidade na realização de actividades físicas e motoras, de estimulação cognitiva, socioculturais, de expressão plástica, de expressão dramática, de expressão musical e a participação em iniciativas culturais e recreativas no CAJIL e no exterior, em parceria com outras entidades.

CAJIL continuará a implementar actividades destinadas a fomentar a integração institucional dos utentes, a promoção da sua autonomia, na melhoria da qualidade de vida e apostando na intervenção psicológica, tendo em vista a criação e manutenção de uma equipa multidisciplinar que irá actuar em prol do envelhecimento activo e saudável dos utentes da instituição.

Atualmente, o envelhecimento ativo encontra-se relacionado com 3 pressupostos fundamentais: a saúde, a participação social e a segurança.

Remetendo-nos também, para a manutenção de atividades motoras e cognitivas, destacando a independência, a autorrealização e dignidade das pessoas idosas.